SONORA (MS),

Prefeito Enelto e gerencia de Assistência social aderem campanha, Blitz educativa levam mensagem, “violência contra mulher, não tem desculpa, tem lei

A PM, o gerente de assistência social, Ivan Cristino, gerente de saúde Ivana e grande parte dos alunos da Escola Estadual M.C. Dutra, também participaram
Com apoio e participação do prefeito Enelto Ramos (MDB), as equipes do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas), realizaram nesta sexta-feira (08), blitz educativa ao da Internacional da Mulher, com o tema “Violência a Mulher não tem desculpa, tem Lei”.

As equipes comandadas pelo gerente de assistência social, Ivan Cristino, distribuiu folhetos às pessoas e colou adesivos nos carros, em frente a praça Sonora na Avenida do Povo. Nos materiais estão mensagens como “Diga não a Violência contra a Mulher” e disque 180, número de denúncia nacional.

O ato contou também com o apoio dos alunos da Escola Estadual Comandante Mauricio Coutinho Dutra, que ajudaram na entrega dos materiais e abordagem das pessoas. Meninas e meninos se uniram para demonstrar que a nova geração está atenta as novas Leis e aos direitos igualitários em favor das mulheres.

Se liga

Os tipos de violência contra a mulher vão além de física e sexual, elas podem ser psicológica, moral e até patrimonial, que é reter ou tirar o dinheiro da mulher ou causar danos aos seus bens, objetos ou animais de estimação; reter documentos pessoais, instrumentos de trabalho, entre outros.

Lei Maria da Pensa

É Lei destinada ao combate a violência domestica contra a mulher! A Lei Maria da Penha permite que agressores sejam presos em flagrante ou que tenham prisão preventiva secretada. Além disso, garante medidas de proteção as mulheres, tais como: afastamento do agressor do lar, estabelecimento de impedimento de aproximação do agressor, proibição do agressor de entrar em contato com a vitima, familiares e/ou testemunhas.