ANÚNCIOS

DATA

SONORA (MS),

Com apoio do prefeito Enelto, Sonora participa pela primeira vez da Maratona de Química e fica em 4º lugar em Coxim


O aprendizado e a interação que o evento traz para os alunos é a melhor medalha, dizem professores.

A imagem pode conter: 15 pessoas, incluindo Rosilaine Amorim, Francinely Dias, Gilmar Ramos da Silva e Graziele Souza da Luz, pessoas sorrindo, área interna
No último sábado (24), aconteceu a 3ª Maratona de Química promovido por alunos e professores do curso de Química do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) de Coxim. Alunos do ensino médio da Escola Estadual Comandante Mauricio Coutinho Dutra participaram pela primeira vez na competição e conquistaram o 4º lugar.

A escola vencedora foi Alcinópolis com o geral em Química e Meio Ambiente. Sonora era composta por uma equipe de 13 alunos do Ensino Médio e duas professoras (Cristiane de química e Rosilaine de ciências). Ao todos participaram 12 equipes das cidades de Sonora, Pedro Gomes, Coxim, Rio Verde, Alcinópolis e Figueirão. Um dos objetivos da maratona é despertar o interesse pela preservação ambiental e pela ciência, em especial a Química.

A imagem pode conter: 8 pessoas, incluindo Graziele Souza da Luz e Gilmar Ramos da Silva, pessoas em pé
Durante todo dia são realizadas várias provas entre as equipes: caracterização, grito de guerra, confecção de mascote com materiais recicláveis, texto com elementos da tabela periódica, trilha química, laboratório de química, teatro da química e um quiz químico com torta na cara. A equipe de Sonora se destacou no teatro da química, se classificando em 4º lugar. 
Os alunos receberam medalhas e de acordo com a professora Cristiane, o melhor prêmio foi o conhecimento que os alunos receberam com a participação. Na manha dessa segunda-feira (26), os alunos e professores foram recebidos pelo prefeito Enelto Ramos (MDB), onde foram agradecer o apoio do poder publico na ida para o evento. "Fico muito feliz por ver jovens buscando conhecimento. Parabéns a toda equipe e aos professores", diz Enelto.