ANÚNCIOS

DATA

SONORA (MS),

Odilon promete tolerância zero com crime organizado e corrupção

Candidato foi entrevistado na manhã desta segunda-feira pelo jornal online Campo Grande News

Candidato foi entrevistado na manhã desta segunda-feira pelo jornal online Campo Grande News   O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, juiz Odilon de Oliveira (PDT) disse que sua gestão será marcada pela tolerância zero ao crime organizado e também à corrupção no Estado. A declaração foi durante entrevista na manhã desta segunda-feira, […]


O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, juiz Odilon de Oliveira (PDT) disse que sua gestão será marcada pela tolerância zero ao crime organizado e também à corrupção no Estado. A declaração foi durante entrevista na manhã desta segunda-feira, 15, ao jornal Campo Grande News.

“Temos que ter tolerância zero com duas coisas: com a criminalidade, principalmente com o crime organizado, e a corrupção aqui no Estado. O povo de Mato Grosso do Sul, sendo eu eleito, jamais vai ver, ler ou ouvir no sentido de que eu seja chefe de uma organização criminosa com fim de recebimento de propina, como acabam de dizer de maneira repetitiva a Polícia Federal, a Procuradoria Geral da República e o próprio Superior Tribunal de Justiça em relação ao atual governo”, declarou o candidato.


Segundo Odilon, para garantir que o combate a corrupção seja realmente praticado, alguns mecanismos devem ser seguidos no Estado, como a transparência e a postura do chefe do Executivo estadual. “Se não houver transparência não há como saber o que ocorre ou não lá, isso é a primeira coisa. E existem outras maneiras de se combater a corrupção, como um policiamento melhor, especializar e estruturar o Gaeco [Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado], estabelecer um clima de seriedade”.


REDE VERDADE