SONORA (MS),

Vídeo: tragedia em campos de Júlio MT trabalhadores morrem eletrocutado

     

Rondonienses mortos após descarga elétrica em Campos de Júlio são identificados. Rondonienses mortos após descarga elétrica em Campos de Júlio são identificados



                           


A tragédia foi registrada na manhã desta quarta-feira, 16 de Agosto, no pátio do posto Planalto, na cidade de Campos de Júlio, no estado do Mato Grosso.

Os rondonienses Rogério Macedo, de 24 anos, e Emerson Gomes de Lima, de 32 anos, morreram eletrocutados e parcialmente carbonizados enquanto trabalhavam na pintura de um posto de combustível, localizado as margens da BR-364, em Campos de Júlio, no estado do Mato Grosso.

Conforme relatos da Polícia Civil, as vítimas precisaram transferir o andaime de local e durante a mudança, atingiram a rede de alta tensão e com a descarga elétrica, Rogério e Emerson foram eletrocutados e tiveram os corpos incendiados, morrendo em questão de minutos. Eles que tiveram os corpos parcialmente carbonizados.

Equipes do Corpo de Bombeiros e enfermeiros chegaram a deslocar-se para o local, porém, não havia mais nada o que se fazer. A Polícia Militar isolou a área até término de perícia por parte da Polícia Técnico-Científica (Politec).

Segundo a polícia, os trabalhadores faziam uso do equipamentos de proteção individual (EPI), o que descarta hipóteses de que a empresa teha falhado na segurança dos funcionários.

Os dois homens eram rondonienses e inclusive, teriam trabalhado na pintura do posto Planalto, da cidade de Vilhena, dias antes do episódio. Uma das vítimas era moradora de Porto Velho e a outra de Vilhena.


Após a perícia oficial, os corpos foram liberados as funerárias de plantão. O fato chocou a cidade de Campos de Júlio e todo estado do Mato Grosso, bem como, cidades de Rondônia, por onde fotos e vídeos mostram  o momento em que os homens morreram carbonizados.

Fonte: Rota News/MT