ANÚNCIOS

DATA

SONORA (MS),

Colorado hostilizado por torcedor do Flu em trem lamenta: "É repugnante"

       


          



Torcedor colorado, José Joaquim Jacques passou por um dos maiores constrangimentos da vida neste domingo e não se trata do rebaixamento do Inter. Após o empate por 1 a 1 em Edson Passos, o contador de 52 anos foi xingado e ameaçado por torcedores do Fluminense, durante a volta de trem, de Mesquita para o Rio de Janeiro.  Por muito pouco, não foi agredido fisicamente. 
Foi um escárnio o que aconteceu. Impressionante a covardia do cara.  É coisa de gente que só quer o mal, é repugnante. Foi um constrangimento, um babaca
José Jacques
Jacques atendeu ao GloboEsporte.com, ainda completamente incrédulo com a situação, mas contente por não ter reagido – o que poderia resultar em briga generalizada. Por muitas vezes, disse ao telefone “ainda não sei o que fazer”. Sobretudo, lamentou o ato que considerou uma selvageria. 

– Foi um escárnio o que aconteceu, queriam que a gente reagisse. Queriam briga. Chegou aquele louco daquele jeito. Impressionante a covardia do cara, sabendo que tinha um monte de gente do Fluminense ali.  É coisa de gente que só quer o mal, é repugnante. Foi um constrangimento, um babaca. Essas coisas não podem acontecer de jeito nenhum. Se alguém tivesse reagido, não sei se estaríamos vivos, mais pessoas teriam se machucado. É muito difícil mesmo e não desejo isso para ninguém – lamentou, com voz trêmula. 
fluminense, inter, torcedores, trem, rebaixamento (Foto: Reprodução)Torcedor do Inter é hostilizado em trem (Foto: Reprodução)
Morador de Porto Alegre, Jacques diz que residiu por 10 anos no Rio de Janeiro, mas nunca tinha passado por situação semelhante. Ao lado de dois amigos, decidiram voltar neste final de semana para acompanhar o último jogo do Inter no Brasileirão, mesmo que representasse a queda para a Série B. Queria mostrar apoio incondicional e ainda aproveitar a capital carioca.  

– Não tem nada a ver com torcida, a gente foi muito bem tratado, nunca passei por isso em Porto Alegre. Também fui várias vezes no Maracanã, no São Januário. Fomos ao jogo, inventamos de ir de trem, sem nenhum problema. Na volta, estava tudo tranquilo, tristes claros, com torcedores do Grêmio e do Fluminense. Eu achei que estava começando uma gozação de guri para postar no Facebook. Mas começou a engrossar de um jeito rápido. Estávamos nos provocando, uma provocação doentia. Foi uma experiência que não gostaria que ninguém passasse – reprime.
COLORADO ANALISA ENTRAR NA JUSTIÇA
Nesta segunda-feira, já em Porto Alegre, recebeu ligações de representantes do Fluminense e do Inter, para receber apoio. Ainda não decidiu qual ação tomará. Pretende ingressar na Justiça contra um torcedor do Flu. Mas não deseja que ele seja agredido (já recebeu ameaças em redes sociais).   

– Nós estamos estudando, vendo o que vamos fazer. Estou falando com advogados, não gostaria de expor a família da gente. Espero que não partam para a ignorância com esse rapaz. Poderia ser meu filho. Com certeza a família o deve estar repreendendo. É preciso tomar mais algumas ações, como não deixar ir para o estádio.  Mas não bater no cara, isso só cria mais ódio e briga. A Justiça que faça alguma coisa – ressalta o torcedor colorado. 
FLU EMITE NOTA OFICIAL
Em nota oficial, a diretoria do Fluminense se manifestou e repudiou a ação de seus torcedores, pedindo desculpas aos integrantes da torcida do Internacional (confira abaixo). 
"O Fluminense Football Club vem a público manifestar seu repúdio à atitude de três torcedores do clube contra integrante da torcida do Internacional, em vídeo gravado no retorno do jogo deste domingo, no metrô.
O Tricolor pede desculpas aos colorados e ressalta que este comportamento condenável não representa o da nossa torcida. O respeito ao torcedor adversário precisa ser uma prática comum e recorrente. O futebol deve servir como instrumento de propagação da união, jamais do ódio."
TORCEDOR PEDE DESCULPAS
O vídeo, filmado pelos próprios tricolores, tomou as redes sociais desde a noite de domingo e pegou muito mal. O protagonista das filmagens, que aparece xingando sem parar os colorados, teve seu nome divulgado e passou a ser ameaçado em seus perfis. 
Ele tentou aliviar sua barra postando um pedido de desculpas nesta manhã de segunda-feira.
- Primeiramente, gostaria de esclarecer que não houve nenhum tipo de agressão física da minha parte a torcedores do Internacional e sim gozação normal de futebol. Meu time já foi roubado em decisão de Copa do Brasil, já foi rebaixado, já foi humilhado, já caiu para a Série C e aceito numa boa as gozações de torcedores rivais! Futebol é assim. Um dia você sacaneia e outro você é sacaneado! Mesmo assim, por causa da repercussão negativa, venho através desse post me retratar com os torcedores colorados e também das outras equipes! Futebol envolve paixão e reconheço que exagerei nas minhas palavras, e por isso, peço desculpas a todos!".