Prefeito Enelto Ramos reúne população para explicar projeto Lote Urbanizado





Na tarde desta quarta-feira (10) o prefeito Enelto Ramos da Silva (PMDB), reuniu cerca de 50 contemplados do loteamento Novo Tempo II para explicar o projeto Lote Urbanizado. A reunião aconteceu no plenário da câmara onde foi explicado as condições mínimas para dar o pontapé inicial ao projeto que inicia o alicerce da casa própria.

Sandra representando Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (AGEHAB) explicou que o projeto Lote Urbanizado visa atender famílias com renda de até 5 salários mínimos e que não tenham sido beneficiados em nenhum Programa Habitacional Federal, Estadual e Municipal.

SELEÇÃO

O município participa com o terreno e a assistência técnica, já o governo do Estado constrói a base da casa até a primeira fiada de tijolos e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia. De acordo como o prefeito Enelto, a prefeitura vai entrar com a com a contrapartida de R$ 2 mil para ajudar na parte de janelas, portas entre outros...

Para participar primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da AGEHAB, e após passar pelo processo de seleção os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos até o respaldo. O prazo para a conclusão da moradia é de 24 meses, ou seja dois anos, e, somente com a conclusão da construção da moradia, que a mesma poderá ser habitada.

Pelas regras do Lote Urbanizado, a prefeitura faz a doação de terrenos, o Estado constrói as bases das residências (com fundação, instalações hidráulicas e sanitárias enterradas, contrapiso e 1ª fiada em alvenaria) e as famílias beneficiadas entram com compra de material e mão de obra para levantar as casas.
Depois de a prefeitura doar o terreno, a primeira etapa da obra (construção da base) será executada pela Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab/MS) e a segunda etapa (construção da casa) ficará sob a responsabilidade do beneficiado. A habitação só será entregue ao selecionado depois de ele concluir a segunda etapa da obra e receber o habite-se.



Estavam presente o vice prefeito Vicente do Amigão, o gerente de planejamento Dalmi Tuta, os vereadores Ezequiel, Eliel, Neco e Fabio Sinuca. 


Nenhum comentário