Prefeitura realizará atendimento oftalmológico gratuito




 A Prefeitura Municipal de Sonora em parceria com Associação Olhar Pelo Próximo e Câmara Municipal, juntamente com os vereadores estão trazendo atendimentos oftalmológicos nos dias 18, 19 e 20. Espera-se que um grande número de pessoas seja atendido através da ONG “Olhar pelo Próximo” com exames gratuitos de vista, avaliação oftalmológica e encaminhamento cirúrgico para os dias 21, 22 e 23.

A triagem será realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, beneficiando não só os moradores da área urbana como também da zona rural do município. O prefeito Enelto Ramos (PMDB) revelou que os exames serão feitos por especialistas e em equipamentos de última geração. O gestor contou que a parceria entre o poder público e a ONG fez com que o projeto saísse do papel, beneficiando assim a população.

 “Caso fosse pago, os exames e atendimento sairiam em torno de mil reais por pessoa. A triagem será feita das 8h às 17h. Procure seu agente de saúde para mais informações. Não perca essa oportunidade de cuidar da sua saúde visual” alertou Enelto Ramos, para quem essa é uma oportunidade na cidade. “Não podemos deixar escapar esse atendimento com aparelhos de última geração para nossa gente”, finalizou.

Quem é

 Associação Olha pelo Próximo foi criada no estado de Goiás, com o intuito de atender a população carente na área de oftalmologia através de parcerias e ideias inovadoras para que toda a estrutura de exames e consultas chegue aos lugares mais distantes do Brasil. A ideia é atingir o maior número de habitantes por médico oftalmologista nas regiões brasileiras e assim contribuir para a redução dos índices de problemas de saúde visuais.

A premissa da instituição é não medir esforços de trabalho no que diz respeito à solidariedade, ajuda humanitária, bem-estar social e acima de tudo, “Olhar pelo Próximo”. A iniciativa inédita em Sonora conta com o apoio dos Além do apoio dos vereadores Ezequiel Reginaldo dos Santos (PSB), Fábio Sinuca (PR), Eliel Rufino (PEN), Neco do Bar (PMDB), João Albuquerque (PMDB) e Raphael de Lemos (PMDB).




Nenhum comentário